Perguntas Frequentes

O câncer é contagioso?

Não. O câncer não é uma doença contagiosa.

 

Como explicar, então, vários casos de câncer na mesma família?

Alguns tipos de câncer têm características genéticas e podem, portanto, ter um comportamento hereditário.

 

Como saber qual o risco que meus familiares têm de desenvolver câncer?

Este risco só pode ser definido para os tipos de câncer com comportamento hereditário bem determinado. Nestes casos, o seu médico pode lhe informar qual é este risco.

 

Existe algum risco de eu transmitir aos meus familiares a radiação que eu recebo durante a radioterapia?

Não. O paciente em tratamento não emite radiação.

 

Como meu médico sabe qual é o remédio mais indicado para o meu tratamento?

Existe uma vasta literatura médica a respeito de cada tipo de câncer. Analisando estes estudos e utilizando sua experiência clínica, o médico tem como definir o melhor tratamento para cada paciente.

 

Posso ficar infértil (estéril) com o tratamento?

Alguns tratamentos podem causar infertilidade. Hoje em dia, existem algumas formas de manejar a situação. Converse com seu médico sobre isso.

 

A respeito da quimioterapia:

O tratamento dói ou causa algum tipo de sofrimento?

A infusão da quimioterapia não é um processo que cause dor, quando feito por profissionais capacitados. Alguns raros medicamentos podem causar irritação nas veias dos braços, com desconforto local durante e após a infusão. Mas, nestes casos, são tomadas medidas para minimizar o problema.

 

Posso usar bebidas alcoólicas durante o tratamento?

Em geral, não é aconselhável, dado o risco de interações medicamentosas e de alterações no metabolismo de algumas drogas.

 

Posso viajar?

Sim, desde que tenha à mão o telefone de contato com seu médico e que haja algum hospital próximo para atendimento de urgência, se necessário.

 

Posso me expor ao sol? Ir à praia?

Alguns quimioterápicos deixam a pele mais sensível à ação da radiação solar, o que chamamos de "fotossensibilidade". Portanto, deve-se evitar a exposição excessiva, não sendo aconselháveis idas à praia ou à piscina. Nas outras situações, basta o uso de protetor solar, chapéu ou boné etc.

 

Posso pintar os cabelos? E usar desodorante, perfume etc?

A tintura dos cabelos pode acentuar sua queda, mas não existe uma contraindicação formal ao seu uso. Não há problemas quanto ao uso de desodorantes, perfumes e afins. Para as pacientes com câncer de mama que sofreram cirurgia para retirada dos gânglios linfáticos das axilas (dissecção axilar), sugere-se evitar desodorantes com base alcoólica, devido ao maior risco de desenvolvimento de alergias no local e, portanto, de infecção.

 

Posso trabalhar normalmente?

Sim, desde que se sinta apto para tanto.

 

Posso praticar algum tipo de atividade física?

Sim, desde que não existam outras contraindicações médicas e caso se sinta bem disposto para isso.

 

Posso fazer sexo normalmente?

Sim. Para as mulheres em idade fértil, é fundamental o emprego de algum método contraceptivo, uma vez que é extremamente desaconselhável engravidar durante o tratamento com quimioterapia, devido aos riscos para o feto em formação.

 

Preciso estar em jejum para receber as medicações da quimioterapia?

Não. É até aconselhável fazer uma refeição leve antes. Durante a infusão dos medicamentos (o que, dependendo do esquema proposto, pode levar algumas horas), não há problemas em ingerir alimentos.

 

Preciso fazer alguma dieta por causa da quimioterapia?

Não. O tratamento em si não impõe nenhuma restrição alimentar, a não ser que surjam efeitos colaterais, como náuseas ou diarreia. O importante é atentar para a higiene no preparo dos alimentos, devido à baixa de imunidade provocada pelo tratamento e ao consequente risco de infecção.

 

Posso fazer tratamento dentário durante a quimioterapia?

Não é aconselhável. Se possível, adie para depois do término do período de quimioterapia, já que a mucosa oral é uma área rica em bactérias e, portanto, com maior risco de infecção, sobretudo após procedimentos cirúrgicos ou de manipulação de canal.

 

Posso me vacinar durante o tratamento?

Depende. A vacina da gripe, por exemplo, uma vez que contém vírus vivos, atenuados, está contraindicada. O emprego de outros tipos de vacina deve ser discutido individualmente com o seu médico.

 

Preciso fazer repouso?

Não. O repouso deve ser proporcional à fadiga experimentada pelo paciente.

 

Meu cabelo vai cair com o tratamento?

Isso varia. A queda de cabelos (alopecia) ocorre em graus diferentes de acordo com o medicamento empregado. Alguns agentes quimioterápicos causam alopecia já no primeiro mês de tratamento enquanto outros não provocam quase nenhuma queda de cabelo ao longo de todo o período de quimioterapia.

 

Em quanto tempo meu cabelo vai voltar a crescer?

Em geral, 3 a 4 semanas após o término do tratamento.

 

Quais são os remédios que posso tomar junto com a quimioterapia?

Você deve usar somente aqueles medicamentos prescritos pelo seu médico. Em geral, não há contraindicação em se continuar com as medicações de uso habitual para o controle de diabetes ou hipertensão, ou analgésicos simples, como Dipirona ou Paracetamol. De qualquer forma, é importante que seu oncologista saiba quais são os outros remédios em uso, para se minimizar o risco de interações medicamentosas.

 

O que é quimioterapia adjuvante?

É aquela empregada como terapia complementar após tratamento cirúrgico inicial, como nos casos de câncer de mama ou do intestino grosso (cólon).

 

O que é quimioterapia paliativa?

É aquela empregada com o intuito primário de conter a evolução e controlar os sintomas provocados pela doença, mantendo ou melhorando a qualidade de vida do paciente, enquanto melhora também sua sobrevida.

 

O que é quimioterapia neoadjuvante?

É aquela empregada antes de uma modalidade de tratamento local, como a cirurgia ou a radioterapia, buscando a redução do tumor e a melhoria do resultado final.

 

Eu vou passar mal com o tratamento?

Não necessariamente. É importante entender que, apesar da quimioterapia ter efeitos colaterais previsíveis, as reações são individuais, variando em intensidade de paciente para paciente. Algumas pessoas não apresentam qualquer sintoma significativo provocado pelo tratamento, e não alteram em nada o seu estilo de vida. Além disso, hoje dispomos de medicamentos contra náuseas, alergias etc., que, somados a um maior conhecimento a respeito dos agentes quimioterápicos, diminuíram bastante os efeitos adversos esperados.

 

O que é um cateter para quimioterapia?

Nos pacientes com acesso venoso periférico precário (veias dos braços muito finas ou frágeis) ou naqueles que receberão medicamentos irritativos para as veias, está indicada a colocação de um cateter venoso central totalmente implantado e de longa permanência. Sua colocação é feita por um cirurgião qualificado, com anestesia local e desconforto mínimo para o paciente, através de uma pequena incisão no tórax. Em geral, pode ser usado ao longo de todo o tratamento e após, dependendo de manutenção mensal, feita pela equipe de enfermagem.

 

Se eu não estou passando mal com o tratamento, isto significa que ele não está fazendo efeito?

De forma alguma. O efeito positivo do tratamento é independente dos seus efeitos colaterais.

 

Como vou saber se o meu tratamento está surtindo efeito?

O seu médico, por meio de dados da avaliação clínica feita durante as consultas e de exames complementares (métodos de imagem, sangue etc.), será capaz de determinar isso. A frequência com a qual devem ser realizados exames como tomografias, RX e outros, varia de caso para caso.

Eu sou um título. 

A principal forma de reduzir o número de câncer é aprender sobre prevenção. Veja aqui alguns pontos importantes. Ver mais

Foi pensando no paciente que elaboramos este guia, visando eliminar suas dúvidas e reforçar algumas dicas importantes. Ver mais

O paciente com câncer tem uma série de direitos garantidos por lei. Veja aqui a relação dos seus direitos. Ver mais

Para melhor atendê-lo, é muito importante sermos avaliados. Nos ajude a melhorar cada vez mais a nossa qualidade. Ver mais

Oncomed, primeira clínica oncológica de Niterói a receber uma certificação de qualidade.

São Gonçalo

Rua Cel. Serrado, 1.000, Centro, São Gonçalo - RJ

Niterói

Rua Ministro Octávio Kelly, 157, Icaraí, Niterói, RJ

Rio de Janeiro

Rua Paulino Fernandes, 68,

Botafogo - RJ

Especialidades Cirúrgicas Oncológicas

Tel. 21 3594-6780

Central de Atendimento:  (21)  2715 2500

Oncomed Oncologia